quinta-feira, 22 de março de 2012

A menininha de calcinha azul...

Quase 4 décadas já haviam se passado, mas ela ainda se via como aquela menininha ... Calcinha azul, peito nú, pele castigada pelo sol, cabelos pretíssimos escorridos pelos ombros, olhos castanhos, pés descalços ...

A cabeça já era assim....a  noite fechava os olhos e sonhava que tudo poderia ser mais fácil....queria ver quem ela  gostava sempre feliz...quando eles choravam, ela também chorava... ela tinha diários e cadernos onde escrevia o que sentia...Tão bobinha, tão sentimental, tão retraída para não se fazer perceber...

A desconfiança, a existência rejeitada e a insegurança tornaram-se suas companheiras...
Ela não pode e nem consegue dar aquilo que não recebeu e por consequência nem conheceu...
Ela pensa, ela tenta, ela sonha...
Mas a menininha de calcinha azul, pele queimada e cabelos escorridos permanece alí, sempre de mão dadas com ela, que segue escrevendo...

2 comentários:

  1. Que lindo isto...
    Profuuuuuuundo demaaaaaaaiiiisssss!

    ResponderExcluir
  2. Valnei...essa menininha caminhava pelas ruas de Marilena....

    ResponderExcluir

Reflete aí comigo vai...